Carterpillar's Nest

cienciahoje:

Princesinhas, que nada: cientistas steampunk! 
A clássica animação 2D desenhada à mão, ciência com uma atmosfera steampunk, mulheres inventoras inteligentes e destemidas. Esse é o mundo apresentado por Hullabaloo, projeto autoral criado pelo artista James Lopez – veterano das animações que trabalhou em obras como O Rei Leão, A princesa e o sapo e Paperman – e que ainda envolve outros nomes com grande experiência na área.  
Uma das propostas de Hullabaloo é ‘salvar’ a animação 2D, uma arte que Lopez considera em extinção num mundo dominado pelas animações em 3D. Além disso, o projeto pretende incentivar o interesse das mulheres pela ciência e pela aventura, com personagens femininas fortes, protagonistas, destemidas e inteligentes.
A proposta fica clara no roteiro da animação: a jovem e brilhante cientista Veronica Daring volta para casa após concluir seus estudos e descobre que seu pai, um excêntrico inventor, está desaparecido. As pistas a levam a um parque de diversões usado pelo cientista para testar suas invenções, bem ao estilo das maquinárias a vapor características do steampunk. Lá encontra Jules, uma estranha menina, também inventora, que vai ajudá-la a descobrir os mistérios por trás desse desaparecimento. Imperdível, sem dúvida. 



Para conseguir recursos para sair do papel, o projeto está aberto a investidores na plataforma de crowdfunding IndieGoGo – e vem fazendo sucesso. Faltando ainda cerca de 20 dias para o fim do prazo, a meta inicial de 80 mil dólares já foi batida de longe – a verba arrecadada já chega a quase 250 mil dólares! A proposta básica de Hullabaloo é a produção de um curta-metragem caprichado, mas seus criadores não descartam que o projeto acabe se transformando numa séria animada (talvez uma websérie) ou num longa-metragem, tudo depende da arrecadação.
Se você quiser contribuir ainda dá tempo: as cotas começam com apenas um dólar e garantem o acesso a produtos exclusivos associados à produção, além do muito obrigado dos produtores e de todos nós que poderemos assistir à obra! Veja um vídeo com Lopez sobre o projeto. 

cienciahoje:

Princesinhas, que nada: cientistas steampunk

A clássica animação 2D desenhada à mão, ciência com uma atmosfera steampunk, mulheres inventoras inteligentes e destemidas. Esse é o mundo apresentado por Hullabaloo, projeto autoral criado pelo artista James Lopez – veterano das animações que trabalhou em obras como O Rei Leão, A princesa e o sapo e Paperman – e que ainda envolve outros nomes com grande experiência na área.  

Uma das propostas de Hullabaloo é ‘salvar’ a animação 2D, uma arte que Lopez considera em extinção num mundo dominado pelas animações em 3D. Além disso, o projeto pretende incentivar o interesse das mulheres pela ciência e pela aventura, com personagens femininas fortes, protagonistas, destemidas e inteligentes.

A proposta fica clara no roteiro da animação: a jovem e brilhante cientista Veronica Daring volta para casa após concluir seus estudos e descobre que seu pai, um excêntrico inventor, está desaparecido. As pistas a levam a um parque de diversões usado pelo cientista para testar suas invenções, bem ao estilo das maquinárias a vapor características do steampunk. Lá encontra Jules, uma estranha menina, também inventora, que vai ajudá-la a descobrir os mistérios por trás desse desaparecimento. Imperdível, sem dúvida. 

Para conseguir recursos para sair do papel, o projeto está aberto a investidores na plataforma de crowdfunding IndieGoGo – e vem fazendo sucesso. Faltando ainda cerca de 20 dias para o fim do prazo, a meta inicial de 80 mil dólares já foi batida de longe – a verba arrecadada já chega a quase 250 mil dólares! A proposta básica de Hullabaloo é a produção de um curta-metragem caprichado, mas seus criadores não descartam que o projeto acabe se transformando numa séria animada (talvez uma websérie) ou num longa-metragem, tudo depende da arrecadação.

Se você quiser contribuir ainda dá tempo: as cotas começam com apenas um dólar e garantem o acesso a produtos exclusivos associados à produção, além do muito obrigado dos produtores e de todos nós que poderemos assistir à obra! Veja um vídeo com Lopez sobre o projeto

Chit-chat

People say i’m good at talking, but i’m actually really shy. I van o ly talk if i’mfeeling confortable with the modo a round me, the people i’m with and what i havê to say. That’s why i think the internet is amazing. I o ly havê to worry a out if i’m OK with what i’m saying. I couldn’t vive any more shit to what people will think of me in here. In a way, i van say that i’m safe in here.
That’s all i havê to say for now.
Bye, bitches!
NL